Golpe da barriga, um golpe masculino e de Estado

Por Camila Fernandes É muito comum ouvirmos por aí que, fulana deu um “golpe da barriga”. Aquela personagem de filme que, no desespero de uma relação derradeira, não hesitou um segundo, foi lá, planejou tudo e na surdina, conseguiu engravidar! A vilã da novela, ruim que só ela, que para prender o bom moço, perdidamente…

Não existe amor na misoginia 

​Durante vários dias, um homem planejou um assassinato em massa: comprou uma arma e teve o cuidado de raspar sua numeração, comprou material para fabricar explosivos caseiros e os produziu, escreveu cartas detalhando suas motivações e as enviou, aguardou o momento propício em que suas vítimas estariam reunidas e em plena noite de réveillon executou…

“Nós não tivemos filho para morrer na mão da polícia”

Este não era o retorno planejado pelo Coletivo, mas depois dos ataques sofridos pela cantora Tati Quebra Barraco, após denunciar a morte do seu filho durante uma operação policial, não há nenhum assunto que seja mais urgente. Apesar de toda solidariedade que nós como mães temos com todas as muitas mães que perdem seus filhos…

Mães e a construção da democracia

No ano passado participei da Conferência Municipal de Cultura aqui de Pato Branco. Foi a minha primeira interação com um espaço aberto pelo governo eleito para ouvir as necessidades e anseios da população. Um pouco depois da Conferência de Cultura participei da Audiência Pública de Políticas Públicas para a Juventude, que apesar de ter um…

Claudia Silva Ferreira: baleada, arrastada e morta pela PM. Até quando?

A maioria dos jornais publicou a manchete “mulher é arrastada por PMs“. Na TV, o Jornal Nacional mostrou até o vídeo feito por um cinegrafista amador, que mostrava o corpo de Claudia Ferreira sendo arrastado – mas não “lembrou” de mencionar o nome dela na escalada do Jornal Nacional (aquela parte inicial do jornal de…

Redução não é a solução

*Texto de Camila Fernandes Aqueles que já tiveram contato com o chamado “sistema socioeducativo” sabem que a redução da maioridade penal não passa de uma promessa falsa e delirante para “acabar com criminalidade”. É mais fácil e menos custoso formular leis punitivas do que oferecer educação de qualidade para jovens. A tentativa de reduzir a…

Uma carta para o pai ausente do meu bebê

Recebi esta carta de um amigo. Ela foi publicada no jornal britânico “The Guardian” com assinatura anônima. Convido a tod@s a leitura dessa carta e agradeço em especial à tradução límpida feita pelo amigo Leif Grunewald que estuda etnologia e também possui interesse em parentescos possíveis e impossíveis. A carta dá continuidade à série “pai…

Por que o papai foi embora?

A resposta mais direta e honesta para mães e filhos que estejam se fazendo esta pergunta é: porque ele pode. Os papais podem ir embora e muitos assim o fazem. Dados do Conselho Nacional de Justiça mostram que pelos menos 5 milhões e meio de crianças brasileiras não têm o nome do pai na certidão….

A maternidade livre culturalizada

*Texto de Laura Assum Preto Vou começar falando de uma vespa, a mesma vespa que Rubem Alves fala em um dos capítulos do livro “Conversas com quem gosta de ensinar”. Essa vespa… …famosa e conhecida, que pode ser vista pelos campos numa eterna caçada que se repete há milhares de gerações. A vespa procura uma…

Tirando satisfação com as mães: até quando?

Eles são aqueles filhos que fazem besteiras diversas – e até crimes cometem: agridem mulheres, pregam violência contra elas, espalham preconceito e ódio por onde passam. Podem ser adolescentes ou homens com barba na cara e 40 anos nas costas. Mas são as mães deles que a imprensa – e o público em geral –…